História do Ramo

Algo de História

Tudo começou com uma palestra, o câmpus de Ilha recebia, gentilmente, o Prof. Dr. José Aquiles B. Grimoni, USP – POLI, explicando o que era o IEEE, quais seus benefícios. Estava dada a largada para um sonho que, pouco a pouco cresce mais e mais.

Os alunos então ficaram sabendo que esta unidade já teve, há algum tempo atrás, um Ramo Estudantil ativo, mas que, com o advento da tecnologia (internet), tornou-se inativo. E através disso ficaram sabendo também o quão fácil é reativar o Ramo Estudantil.

Sabia-se que no câmpus tinha existido um ramo estudantil que infelizmente, com o tempo, parou suas atividades. No entanto, o processo de reativação não era complicado. Muito se discutiu até que a idéia foi tomada: o Ramo Estudantil seria reativado. Como antes precisávamos de mais explicações acerca do que é o Ramo Estudantil, a estudante Natália Reolon dos Santos, ex-presidente do Ramo Estudantil da UNESP – Bauru compareceu até nossa unidade dar mais esclarecimentos.

Neste dia já foi distribuído aos alunos interessados, um pequeno “folder” explicativo e com uma simples ficha de inscrição. Foi marcada a primeira reunião e, de 14 associados que tinha naquele dia, na próxima reunião, tínhamos mais de 30.

Foi decidida uma diretoria interina até que se arrumasse toda a papelada, diretoria eleita, os papéis foram encaminhados ao IEEE e então estava reativado o ramo.

Leave a Reply